Avaliação de Ações
Conteúdos
Valor do Dinheiro no Tempo
Anuidades
Perpetuidades
Tipos de Taxas de Juros
Valor Futuro de um Fluxo de Caixa Irregular
Distribuição de Probabilidade
Desvio Padrão
CAPM
Linha de Mercado de Tú‘ulos - SML
Avaliação de Bônus
Avaliação de Ações
Custo de Capital
Orçamento de Capital
Carta de Isencao

TeachMeFinance.com / Portuguese

Avaliação de Ações - veja nossa Nota de Isenção

Ação Preferencial De certa forma parecida com um bônus. Elas pagam o mesmo dividendo para sempre.
Ação Ordinária Proprietários da empresa. Algumas vezes existem dividendos, algumas vezes não.

Qual é o valor da Ação Preferencial?

Esta é fácil. Ações Preferenciais são basicamente uma perpetuidade.

Qual é o valor da Ação Ordinária?

Isto não é fácil. Isto é uma bagunça. Pense nisso. Qual é o valor de uma distribuição de ações de uma empresa específica? Num certo sentido é o preço do comércio de ações. Mas o comprador e o vendedor concordam trocar as ações naquele preço. Assumimos que ambos são pessoas racionais e ambos sabem alguma coisa sobre a empresa e seus planos futuros e potencial de lucro. Então, sim, este é um método: verifique o preço da ação nos jornais ou internet. Mas isto é um atalho fácil. Realmente não é finança. Está mais para estudo. E eu não sei se você percebeu isto ou não, mas eles não dão Prêmio Nobel para estudos. Daí existem outras maneira de se fazer avaliações de ações também.

A Fórmula de Crescimento de Gordon, também conhecida como A Fórmula de Crescimento Constante assume que uma empresa cresce a uma taxa constante para sempre. Isto, a propósito, é impossível. Quero dizer, ela não pode crescer sempre. Você sabe, se uma companhia dobra de tamanho a cada 5 anos, brevemente cada uma das pessoas do mundo será sua cliente e daí então ela não pode crescer mais que aquela taxa. (devido a população mundial não estar dobrando a cada 5 anos).

MAS, se formos adiante e assumirmos que a empresa tem uma taxa de crescimento constante, podemos usar a fórmula seguinte para obter o seu valor.

Fórmula de Crescimento Constante Po = D 1 / ( Ks - G )
  • Po = Preço
  • D1 = O próximo dividendo. D1 = D0 (1 + G)
  • Ks = Taxa de Retorno
  • G = Taxa de Crescimento

O que é todo esse negócio de D1 e D0 ?

  • D1 é o próximo dividendo
  • D0 é o último dividendo

Bem estamos assumindo que a empresa tem crescimento constante, certo. Assim, tomamos o último dividendo, multiplicamo-lo pela sua taxa de crescimento e podemos obter o próximo dividendo.

Exemplo

  • Dividendo dos últimos anos = $ 1,00
  • Taxa de Crescimento = 5%
  • Taxa de Retorno = 10%

Primeiro compreenda D1.

  • D1 = D0 (1 + G)
  • D1 = $1,00 ( 1 + .05)
  • D1 = $1,00 (1,05)
  • D1 = $1,05

Depois a nossa fórmula.

  • Po = D 1 / ( Ks - G )
  • Po = $1,05 / (10% - 5%)
  • Po = $1,05 / 5%
  • Po = $21,00

Então, se quisermos obter uma taxa de retorno de 10% sobre o nosso dinheiro, e assumimos que a empresa crescerá para sempre a 5% ao ano, então estaríamos disposyos a pagar $21,00 por esta ação. Isto de qualquer modo é a teoria. E novamente, aqui está nossa nota de isenção.


Copyright © 2005 por Mark McCracken, Todos os Direitos Reservados